lixos pós jogo d Copa

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

ESCOLA ESPECIAL EM TEMPO INTEGRAL





                         ESCOLA ESPECIAL OU INCLUSIVA EM TEMPO INTEGRAL


Venho através desta matéria, em época que se promete tantas coisas ,que é na época de campanha Eleitoral  , o País sofre com um descaso no ensino público, tanto na qualidade do ensino, quanto nas faltas ,que normalmente acontece por motivos banais, falta de organizações, se houver uma reunião de pais no dia seguinte tem que se arrumar a sala que foi feita a reunião ,e devido a isto não se tem aula! qualquer motivo serve para escola pública não ter aula, e se estão insatisfeito com algo logo vem longos períodos de greves! os alunos do ensino público ,acaba sendo prejudicados .
     Como mãe de criança especial venho solicitar aos órgãos públicos uma medida para escola de inclusão em tempo integral , com atividades voltadas para o seu desenvolvimento , e se o Estado ainda não Elaborou uma com estas características, que possa custear uma que em média custa em torno de R$2000,00 reais sem incluir material escolar, uniformes. Se o imposto que pagamos não estar sendo destinado a Educação , portanto somos obrigados a pagar por fora? não temos condições para tal! os pais de crianças especiais sofrem em ver seus filhos sem atividades adequada para sua vida social Normal.  Participo de alguns debates mais não tenho vista uma convicção para esta finalidade ,hora os pais de crianças especiais, trabalham e precisam ter tranquilidade com seu filho que tem necessidade especial, com atendimento adequado. Caso isto não ocorre a insegurança, a preocupação transpassa a preocupação dos pais, que ficam no trabalho como  filho está reagindo em casa , sem uma atividade.   O Tempo oferecido de meio período em aula é pouco, além que não se tem assistência de uma professora especializada para tal .  Realiza também trabalho de inclusão e acompanhamento de crianças e adolescentes em todos os níveis de educação, com distúrbios de aprendizagem em leitura, escrita e matemática (Dislexia, Hiperatividade, Déficit de Atenção, Deficiência Auditiva, Síndrome de Down, Síndrome de Costello, entre outras) e com deficiência física (cadeira de rodas, entre outras). é essencial.

                                       

     Para o autista, a percepção visual é muito mais concreta do que sua habilidade em compreender a linguagem, por isso trabalhos com desenhos e imagens são fundamentais para seu desenvolvimento e expressão. A capacidade visual de autistas chega a ser impressionante! mais precisa ser estimulada em tempo integral.

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

10 dicas para evitar as crianças na era da Tecnologia

A Arte de Brincar e Desenvolvimento da Criança através do Brincar, explica que o "brincar" deve ter lugar prioritário na vida da criança. "Brincar é fundamental na infância por ser uma das linguagens expressivas do ser humano. Proporciona a comunicação, a descoberta do mundo, a socialização e o desenvolvimento integral", afirma.
De acordo com a educadora, o "brincar" é composto por vários elementos: uma estrutura (começo, meio e fim), os meios (como brincar), os fins (por que brincar), o conteúdo (a temática da brincadeira), as regras, o espaço, o tempo, os brinquedos, os parceiros e um comportamento lúdico (ações e reações daqueles que brincam). "Historicamente o homem sempre brincou, através dos diversos povos e culturas e no decorrer da história, sem distinção, nas ruas, praças, feiras, rios, praias, campos. Mas, ao longo do tempo, as formas de brincar, os espaços e tempos de brincar, os objetos de brincar e os brincantes foram se transformando", Entre as causas dessa perda de espaço estão o crescimento das cidades, a ausência de locais públicos voltados para o lazer, o fato de as crianças terem muitas atividades extracurriculares, a falta de segurança e a inserção da mulher no mercado de trabalho, o que diminuiu o tempo das crianças perto da família. Para não deixar que o seu filho cresça sem saber o que são brincadeiras como bolinha de Gude, é preciso que você entre em ação, acompanhe as atividades dele e incentive-o a brincar de forma saudável e adequada para a idade. A educadora .

                                 10 Dicas importante para uma infância saudável

1 . Crescimento rápido do cérebro           
Entre 0 e 2 anos, o cérebro da criança triplica de tamanho e continua em estado de rápido desenvolvimento até os 21 anos de idade . O desenvolvimento inicial do cérebro é determinado por estímulos ambientais ou pela falta dele. O estímulo a um desenvolvimento cerebral causado por exposição excessiva a tecnologias (celulares, internet, iPads, TV) foi mostrado afetar negativamente o funcionamento e causar déficit de atenção, atrasos cognitivos, aprendizagem deficiente, aumento da impulsividade e diminuição da capacidade de auto-regular, exemplo: birras afirma os especilista .

2 . Atraso no desenvolvimento
O uso da tecnologia restringe o movimento, o que pode resultar em atraso de desenvolvimento. Uma em cada três crianças agora entram na escola com atraso de desenvolvimento, impactando negativamente a alfabetização e o desempenho acadêmico. O movimento aumenta a atenção e a capacidade de aprendizagem . Com isso, o uso de tecnologia por crianças com idade inferior a 12 anos é prejudicial ao desenvolvimento da criança e da aprendizagem .



3 . Epidemia de obesidade           
O uso de TV e vídeo game está correlacionado com o aumento da obesidade . As crianças que possuem dispositivos eletrônicos em seus quartos têm 30% de aumento na incidência de obesidade . Um em cada quatro canadenses e uma em cada três crianças americanas são obesas . 30% das crianças com obesidade irão desenvolver diabetes e os indivíduos obesos têm maior risco de acidente vascular cerebral e ataque cardíaco precoce, encurtando gravemente a expectativa de vida . Em grande parte devido à obesidade, crianças do século 21 podem ser a primeira geração onde muitos não vão viver mais que seus pais .

4 . Privação do sono           
60% dos pais não supervisionam o uso de tecnologia de seus filhos e 75% das crianças estão autorizadas a ter tecnologia em seus quartos . 75% das crianças com idade entre 9 e 10 anos são privados de sono e como consequência, suas notas na escola são negativamente impactadas .

5 . Doença Mental           
O uso excessivo de tecnologia está implicado como a principal causa das taxas crescentes de depressão infantil, ansiedade, transtorno de apego, déficit de atenção, autismo, transtorno bipolar, psicose e comportamento infantil problemático . Uma em cada seis crianças canadenses têm uma doença mental diagnosticada, muitas das quais estão em uso de medicação psicotrópica perigosa .

6 . Agressão
Conteúdo de mídia violento pode causar agressividade infantil . As crianças estão cada vez mais expostas à crescente incidência de violência física e sexual na mídia de hoje.  Auto V” retrata sexo explícito, assassinato, estupro, tortura e mutilação, como fazem muitos filmes e programas de TV. Os EUA classificou a violência na mídia como um risco à saúde pública devido ao impacto causal sobre a agressão infantil . A imprensa registra aumento do uso de quartos de isolamento com crianças que apresentam agressividade descontrolada. Observe que tive de filmes ,desenhos eles estão assistindo.

7 . Demência digital
Conteúdo de mídia de alta velocidade pode contribuir para o déficit de atenção, bem como a diminuição da concentração e da memória, devido ao cérebro eliminar trilhas neuronais no córtex frontal especialistas afirmam. Crianças que não conseguem prestar atenção não podem aprender.

8 . Vícios           
Como os pais ficam cada vez mais presos à tecnologia, eles estão se desapegando de seus filhos. Na ausência de apego dos pais, as crianças separadas podem se conectar a dispositivos, o que pode resultar em dependência . Uma em cada 11 crianças com idades entre 8-18 anos são viciadas em tecnologia  .

9 . Emissão de radiação
Em maio de 2011, a Organização Mundial de Saúde classificou os telefones celulares (e outros dispositivos sem fio) como um risco categoria 2B (possível cancerígeno), devido à emissão de radiação os pesquisadores detectaram isto, em outubro de 2011, emitiu um aviso de advertência dizendo: “As crianças são mais sensíveis do que os adultos a uma variedade de agentes – como seus cérebros e sistemas imunológicos ainda estão em desenvolvimento – então você não pode dizer que o risco seria igual para um jovem adulto quanto é para uma criança”. em novas pesquisas, a exposição à radiofrequência deve ser reclassificado como 2A (provável cancerígeno) e não um 2B (possível cancerígeno) . A Academia Americana de Pediatria pediu revisão das emissões de radiação electromagnéticas dos dispositivos de tecnologia citando três razões quanto ao impacto sobre as crianças (AAP 2013 ) .

10 . Insustentável           
As maneiras pelas quais as crianças são criadas e educadas com a tecnologia já não são sustentáveis ​​ . As crianças são o nosso futuro, mas não há futuro para as crianças com overdose de tecnologia. Cuidar disso é urgente, necessário e precisamos fazer em conjunto, a fim de reduzir o uso de tecnologia por crianças. Por favor, assista e compartilhe os vídeos sobre o uso excessivo de tecnologia por crianças