lixos pós jogo d Copa

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Reforma em Geral

Bem eu curto de mais fazer reforma mudar algo que ja enjoei e não estar mais me atendendo , pode ser roupa , decoração e reformar principalmente de casa ou apartamento . Eu costumo sempre fazer uma reforma chegou o verão ! começo pelo guarda roupa .

                                                           


, Recicle ,não da para  comprar tudo novo! que tal da uma repaginada nas que tem ? todas as minhas camisetas que ganho ou compro quando estou viajando sempre trago lembranças de outros estados , e quando não ganho também de amigos que viajaram , dai faço uma reforma , corto as mangas , faço uma linda regata , bem elaboradas , com missangas e la fica uma nova camiseta para o verão ! sandálias que só perderam a correira , vou numa feira ,e la tem uma correia nova , pego as missangas das velhas e coloco na nova !!! biquíni , tem um detalhe bonito , em um mais a cor já esta ultrapassada para nova estação la tiro de um e coloco em outro, pronto la estão os novos biquínis , Calças de inverno porque não fazer uma linda bermuda para o verão ? Assim vou atualizando as que não serve mais separo e levo para adoção . Mais quando se refere a casa, se você  não pode mudar para um apartamento mais moderno ,pois estar fora do seu orçamento ! que tal uma reforma ? em particular ja morei em apartamento muito antigo ,mais com espaço , pois bem no novo eu teria a modernidade , mais não teria espaço , que fiz ! quebrei parede, fiz suite , quebrei quarto de empregada fiz escritório , e assim deixei o apartamento bem moderninho sem ter que desembolsar uma grana firme pelo o novo ! a casa a mesma coisa !  observei que a cozinha dos apartamento são sempre minusculas , pois se trata de cozinha americana ! onde um entra outro sai rs.. Pois bem a ideia de quem desejar ter casa é de fato a liberdade que ela te proporciona, parte do principio que você almeja espaço ! o fato de você pegar sua casa e fazer uma reforma , seja com pintura ou troca do piso, ja vai lhe dar uma sessação de bem estar , isto vai te dar mais condições para curtir mais sua casa ao invés de gastar com  viagens , ou mesmo na rua com passeios frequente , analise o que te leva a viajar com frequência e traga isto para perto de você! não que você não faça isto ! viajar é bom e faz bem 1 conhecer lugares novos ,mais com muito frequência ! em épocas de crises não é muito coerente 1 então veja aqui minha dicas :

1- Calça : Biquinis você pode você mesma estar fazendo em casa transformando sua camiseta de malha , em relação a Casa , trocando apenas uma janela, ou uma parede por tijolinho ou pintando o tijolinho ja vai dar um jeito bem agradável . Breve estarei passando em video para vocês saberem o passo a passo destas e de outras dicas .. Bjs  

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Como Cultivar as Orquídeas



     
            Quem é amante da Natureza certamente gosta de Flores! eu tenho minhas preferencias e uma delas são as Orquídeas, tentei por 3 vezes plantar mudar de Orquídeas , sem antes fazer uma pesquisa sobre seu cultivo , e fracassei ,  meu primeiro plantio foi em uma arvore onde tomava sol e ela nunca floresceu ! segunda muda coloquei co carrinho de mão decorativo ,direto na terra sem preparar a terra , por terceiro coloquei na arvore onde me ensinaram a colocar em casca de coqueiro ,também tomava sol e não estava muito úmido o lugar , fui em busca de informações sobre elas , um dos lugares escolhidos para minha pesquisa foi o Orquidário no Parque Vilas Lobos em São Paulo homenagem a Ex- primeira Dama Ruth Cardoso ,da qual era apaixonada assim como eu por Orquídeas .


As 10 principais dicas de cultivo de orquídeas

1. Na grande maioria, as orquídeas brasileiras são epífitas                                   

                                                               

As orquídeas epífitas crescem presas às árvores, sem, contudo, roubar delas quaisquer nutrientes. As raízes são usadas apenas para fixar a planta no caule das árvores.

1. Escolha espécies de orquídeas adaptadas à sua região

Como as orquídeas florescem apenas uma ou duas vezes por ano, é interessante possuir várias espécies diferentes (cujo ciclo de floração costuma ser também diferente). Isso aumenta as chances de ter sempre alguma planta florida. Ao escolher o que vai cultivar, dê preferência às espécies de orquídeas que crescem na sua região. Se você mora no Ceará, confira as orquídeas que já foram catalogadas na região.

2. Irrigação das orquídeas

Mantenha o vaso úmido, jamais encharcado. É mais fácil matar uma orquídea por excesso do que por falta d’água. Não colocar pratinho com água debaixo do vaso, pois as raízes poderão apodrecer. Molhe abundantemente duas ou três vezes por semana, deixando a água escorrer totalmente. Nos outros dias, basta vaporizar as folhas de manhã cedo ou no final da tarde, quando a planta não estiver sob o sol.

3. Luminosidade do ambiente

Instale suas plantas em locais onde elas possam ser banhadas pelo sol no horário da manhã (até as 9 horas) ou no final da tarde (depois das 16 horas). Se a planta não tomar sol, ela não vai florescer. As orquídeas podem ser fixadas também no tronco de árvores, desde que estas não tenham uma sombra muito densa, como as mangueiras. O problema é que, quando florescerem, elas não poderão ser levadas para dentro de casa. Aliás, é recomendável manter os vasos, o máximo possível, na mesma posição e local.

4. Ventilação do ambiente

As orquídeas necessitam de locais arejados. Evite, porém, a ventilação muito forte, que pode derrubar os vasos e danificar suas plantas.

5. Adubação das orquídeas

Utilize um desses adubos foliares (líquidos) que se encontram na seção de jardinagem de todos os supermercados. Adicionar algumas gotas à água com que será feita a vaporização, no caso de usar pequenos pulverizadores. Procure molhar sobretudo a parte inferior das folhas de sua orquídea, pois é aí que se encontram os estômatos, que absorvem água e nutrientes.

6. Pragas e doenças em orquídeas

Se as plantas forem cultivadas de uma forma adequada, elas estarão mais resistentes a pragas e doenças. Se não houver excesso de umidade, por exemplo, dificilmente os fungos irão atacar. De qualquer modo, previna-se. Um dos grandes inimigos do cultivo de orquídeas são as cochonilhas. Esses pequenos organismos sugam a seiva da planta e podem matá-la se não forem combatidos. Quem possui poucas plantas pode catá-los, um a um, antes que se propaguem. No caso de uma coleção maior, haverá necessidade de apelar para os defensivos. Dê preferência às fórmulas naturais, pois os produtos químicos industrializados costumam ser tão prejudiciais às plantas quanto a quem as cultiva.

7. Anote o nome da espécie de sua orquídea numa plaqueta

Também é interessante atribuir-lhe um código (numérico ou alfanumérico, como queira), para facilitar a identificação no caso de uma coleção de médio ou grande porte. Um desafio que os orquidófilos enfrentam é memorizar o nome de suas plantas, quase todos em Latim ou latinizados – raramente as orquídeas têm nomes populares. Bom  anotar a data da floração de cada planta. Se ela não voltar a florescer na mesma época, no ano seguinte, isto pode ser um sinal de alerta: talvez ela esteja com algum problema. Examine, então, as condições de irrigação, luminosidade,ventilação, etc. Exemplo :                                     Resultado de imagem para orquídea catleia
Catleia: Com uma grande oferta de opções de cores, esta orquídea atinge de 30 a 50 cm de altura. Geralmente, floresce uma vez ao ano, dando cerca de duas a quatro flores que duram em média 15 dias. Deve ficar à meia-sombra, evitando o sol direto entre 11h e 14h.

                                                         Resultado de imagem para oncidium aloha iwanaga
 Oncidium aloha iwanaga : Também conhecida como chuva de ouro, essa orquídea, sempre amarela, pode dar de 30 a 40 flores por haste. Sua altura varia entre 15 e 20 cm e as flores duram de 20 a 30 dias. Geralmente, floresce uma vez ao ano. Deve ficar à meia-sombra, evitando o sol direto entre 11h e 14h.              


                                                  Resultado de imagem para Oncidium sharry baby:
                                                       
                                                    
Oncidium sharry baby: Com cheiro de chocolate, essa orquídea de cor sempre amarronzada tem uma quantidade grande de flores, que medem cerca de 3 x 3 cm e duram de 20 a 30 dias. A planta atinge entre 15 e 25 cm de altura, e pode ser presa a um arame para se estabilizar. Geralmente, floresce uma vez ao ano. Deve ficar à meia-sombra, evitando o sol direto entre 11h e 14h. 
                                                   Resultado de imagem para miltonia

 Miltonia: Esta orquídea tem uma grande variedade de cores, podendo apresentar misturas de até cinco diferentes tons numa mesma flor. Atinge até 15 cm de altura e a duração das flores é de 15 dias em média. Geralmente, floresce uma vez ao ano. Como na maioria das Orquídeas sol sempre nos mesmo horários de preferencia sol da  Manhã .

Resultado de imagem para Phalaenopsis amabilis: .
                                               

Phalaenopsis amabilis: Bastante comum, esta é uma das orquídeas mais vendidas. Bastante resistente, suas flores duram de 30 a 40 dias. Atinge cerca de 15 cm de altura. A mais conhecida é a de cor branca, mas também é possível encontrá-la em rosa, rajada em amarelo com marrom e toda branca com o centro em vermelho ou pink. Mas há um truque para ganhar tempo: quando a haste ficar sem flores, basta medir cerca de 20 cm a partir da base da planta e cortar. Assim haverá uma nova floração na mesma haste entre oito meses e um ano. No entanto, esta técnica deve ser usada apenas uma vez, para não esgotar e matar a planta. Em situações normais, quando as flores caírem, corte a haste na base. 


                                                   Resultado de imagem para vanda coerulea
                                                  
Vanda coerulea: Sem precisar de substrato, essa orquídea pode ser cultivada em árvores ou em um arame: sua raiz é grande e se enrosca no objeto escolhido. Seus híbridos são encontrados em vermelho, amarelo, marrom, verde e rosa. Sua altura pode variar bastante, pois é uma planta que não para de crescer, enquanto a largura gira em torno de 30 a 50 cm. 
                                                            
                                                             Resultado de imagem para Cymbidium:

Cymbidium: Bastante variada em cores, sempre puxando para os tons terrosos, esta orquídea floresce especialmente em quedas bruscas de temperatura. Com hastes que chegam a dar 20 flores, atinge até 70 cm. Suas flores duram de 25 a 30 dias.
                  
                                                             Resultado de imagem para rainha do egito orquideas
                                    
Recentemente plantei esta Rainha do Egyto

 Florescem normalmente no Verão , dura em media de 25 a 30 dias .

A rega depende do substrato que vem no vaso: casca de madeira absorve mais rápido a água, pedindo regas mais frequentes; já se for um musgo, fibra de coco ou xaxim, ela pode ser mais espaçada, em torno de uma vez por semana. Para não correr o risco de matar a planta por excesso de água, coloque a ponta do dedo no substrato: se estiver úmido, não é preciso regar